4 thoughts on “Primeira baixa”

  1. Eia, brutal!
    Infelizmente, desconfio que o vaso ia ficar todo maluco porque, como tu mesma apontaste, os cactos e o bambú estão em extremos opostos em relação às necessidades de água.

  2. Posso, mas assim destruiria o objectivo académico da experiência, em troca de garantia de sobrevivência :-)

    Por outro lado, o saldo dentro do vaso ainda está positivo: começaram 4 planas, mas com os Joaquins, agora são cinco.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>