Don’t be a wuss

Hoje recebi um spam com este título: Don’t be a wuss

Epá, isto é o tipo de cenas que apela directamente ao meu ser. Como se o spammer tivesse entrado directamente no meu cérebro, observado os padrões de disparo das minhas sinapses e absorvido toda a essência do meu pensamento — mais: da minha alma.

No corpo da mensagem, ele descreve o que entende por não ser wuss: “Six months you’ll be carrying a dangerous weapon down there”.

Epá! Carregar uma arma perigosa lá em baixo! Um sonho tornado realidade, qual jedi knight do quarto, a fantasia de ser um verdadeiro Charles Bronson dos lençóis!

Sim senhor, este spammer esteve à altura, e o seu email será apagado com reverência, separado do resto dos spams comuns e sem imaginação.

Poderá o spam ser considerado arte?
Este nó da matriz acha que sim.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>